Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2012

Gastronomia Francesa e seu legado I

França. Pai, mãe de uma grande parte da base  das culturas alimentares ao redor da terra. Berço dos restaurantes mais famosos e luxuosos. País onde gastronomia é praticamente uma religião come-se tão bem num pequeno bistrô do interior, quanto nos palacetes da capital, Paris. 
      Pode-se dizer com certeza que a gastronomia francesa influenciou e influencia direta e indiretamente a culinária de muitos países, sejam do novo mundo ou mesmo de seus vizinhos europeus sempre haverá especiarias, ervas, vinhos, métodos de cocção e preparo dos ingredientes, aperfeiçoando suas receitas. Vejamos como esse fenômeno ocorreu.
      A gastronomia francesa começa a se desenvolver na idade média (sec. V a X) num tripé que vigora até os tempos modernos: A riqueza dos ingredientes, a sabedoria no preparo dos mesmos, e a apresentação impecável. Tendo como base de formação a cultura Greco-romana, nos banquetes franceses todos os pratos eram servidos ao mesmo tempo, sem distinção entre entradas, p…

Um pouco de trabalho em equipe..

Trabalho realizado no Banana Leaves Mediterrasian Restaurant, em Monte Alegre do Sul, foi uma época maravilhosa onde aprendi a chefiar e liderar uma equipe. O restaurante era de propriedade do grande Chef e parceiro de trabalho Leonardo Paiva Lopes. Algumas fotos são da época de faculdade, recordar é viver hahahahahaahha!!  Bon apetit!!




Frutas em arranjo
Rosquinhas queimadas, hahahahha
Leitoa clássica, caramelizada no forno a lenha
Bacalhoada
Costelinhas de porco com chutney de manga. Esse prato foi meu trabalho de cozinha brasileira na faculdade e me acompanha até hoje em todos os restaurantes que trabalhei. SUCESSO
Costelinha de porco com chutney de abacaxi (BANANA LEAVES - RESTAURANTE ASIÁTICO)
Steak de cordeiro com mel e hortelã (BANANA LEAVES - RESTAURANTE ASIÁTICO)

Tom yon gong - frutos do mar com legumes e molhos especial (BANANA LEAVES - RESTAURANTE ASIÁTICO)
Tigela de legumes à chinesa (BANANA LEAVES - RESTAURANTE ASIÁTICO)

WOKS
Filé de salmão com caramelo de cebola e redução …

Um pouco de consciência por caridade!!

Sentado no gramado da minha casa vejo a montanha que me cerca gritar. Gritar desesperadamente por água. Gritar desesperadamente por consciência. Vejo os animais correrem desesperados, tentando se esconder, sem rumo. Eles pedem para serem deixados em paz. Por acaso alguém já viu um tamanduá botar fogo numa casa? O fogo passa como o vento, junto ao vento. Estou muito longe e ouço como se o fogo cantasse ao meu lado. Alto e interminável.
      Dois dias de destruição. Se ele começou com um objetivo, com certeza foi cumprido. A paisagem que fica lembra o fim do mundo. Sujo. Tóxico. Tocos de árvores, restos de arames retorcidos, animais mortos. Inabitável. O cheiro de destruição, a ardência nos olhos a fuligem que cai como neve negra. Suja a alma dos seres humanos, mais do que suja nossas roupas no varal.
      Quanta ignorância nas terras da experiência.
      Vejo no jornal, que não é só Monte Alegre que queima. É o Brasil inteiro. Levando embora os últimos pedaços de floresta do mund…
Ceviche de pintado a brasileira
                                                                                      Rendimento: 10 porções
                                                                                      Tempo de preparo: 1 h. 30 m.
INGREDIENTES:
Pintado 1,000 kg Alho 3 Dentes Cebola 0,100 kg Pepino 0,500 kg Azeite 0,100 lt Dendê 0,060 lt Pimenta dedo de moça 0,010

História da Gastronomia Brasileira Parte I

Com centenas de anos, a gastronomia brasileira vem se modificando muito com o passar dos séculos e um grande marco foi a chegada dos imigrantes portugueses e dos escravos africanos em território tupiniquim.
      Quando os índios ainda eram os donos do Brasil a base alimentícia desses povos se estruturava em três vertentes: a colheita, onde as frutas como banana e algumas raízes, como a mandioca, eram consumidas com muita frequência e na outra ponta está a caça, onde a capivara, tartaruga e macacos englobavam, o menu indígena. Mas foi a pesca que deixou um dos legados mais fortes e duradouros das tribos antigas. Pintados, tucunarés e pirarucus desfilavam entre as ocas.
      Com a chegada dos portugueses e sua culinária com forte influência árabe e consequentemente dos escravos africanos, traçou-se então um novo rumo na gastronomia tropical, incrementando e modificando pratos que já eram consumidos pelos povos que aqui estavam.
      Nos porões dos navios lusitanos embarcaram os m…